Tag

diario de viagem

Diário de Intercâmbio – Nova Casa: Lyon

foto1

Foi num sábado às 9:00 que eu saí do TGV (trem rápido) e desembarquei na cidade que seria minha pelos próximos 6 meses. Depois de alguns dias cinzentos em Paris (que não foram suficientes para diminuir o charme da cidade luz) o céu em Lyon estava limpo e o sol estava lá para me dar boas vindas!

Fui recebida dessa vez por outra amiga minha que também vai viver aqui e havia chegado antes. Como minha residência só aceita novos hóspedes de segunda a sexta – erro de cálculo de viagem que imploro, não repitam! – ponguei na casinha da minha miguxa durante o fim de semana.

Como Cal, a minha amiga, estava na cidade há 3 dias, já tinha uma certa intimidade com os pontos turísticos e as estações de metrô, o que facilitou o meu primeiro contato. Porém, vale dizer que até mesmo vagar sem rumo em Lyon e se perder nas ruas me parece divertido, e quando vocês virem as fotos entenderão o por quê.

foto2

Lyon é uma cidade linda! Há uma certa disputa com Marseille – que é a 2ª maior da França – mas sem duvidas é uma cidade grande para os padrões europeus. É também uma cidade de estudantes e a capital gastrônomica mundial. Meio difícil achar defeito, né? Kkkk, mas de verdade, parece uma casinha de bonecas! A cada passo que dei no meu primeiro dia, mais me apaixonava e espero que vocês se apaixonem comigo.

foto3

foto4

Lyon é dividida por dois rios, o Rhône (da foto) e o Saône. Entre os dois rios existe uma região chamada “Presq’ile”, traduzindo: “quase ilha”, que é onde está o “centro” comercial e mais turístico da cidade. Todas as construções (ou quase!) são assim, super conservadas – a cidade tem aproximadamente 2 mil anos! –, e essa região da cidade é tombada como patrimônio histórico.

A localização da cidade também é ótima, fica na região “Rhône-Alpes”, pertinho dos Alpes Franceses, assim como da Suíça, Itália e Côte d’Azur. Ótimo pra viajar e acabar com meu dinheiro <3

foto5

Essa é a Igreja de St. Jean, que fica em Vieux Lyon (“Velha Lyon”), parte histórica e bem turística da cidade que demandará um maior atenção em posts posteriores. É simplesmente maravilhoso ficar horas rodando pelas vielas com ruas de pedra e descobrir que portas antigas as vezes escondem passagens secretas. (Depois que eu descobri esse lance de passagem secreta eu enlouqueci e comecei a achar que toda porta bonita poderia ser uma, e quase invadi propriedades privadas por causa dessa obsessão, não recomendo kkk).

foto6

Depois subimos até a Fourvière, um dos pontos mais altos da cidade, para conferir de perto a Basilique – foto acima – e o Teatro Greco-Romano. É uma subida meio (bem) longa, mas mesmo assim preferimos ir a pé que de metrô. Se tiver sol você provavelmente chegará semi-suando no topo da cidade, mas eu repito: super vale a pena! A vista é linda, a brisa é gelada e você se sentirá fitness e livre para se autorrecompensar comendo algo bem gostoso na volta – fat fellings.

foto7

O teatro Greco Romano data de 15 A.C. e até hoje é usado para shows e apresentações, tipo COMO ASSIM? Além disso é um lugar super maravilhoso pra fazer piqueniques em cima das pedras. (Quando eu falo piquenique leia-se entupir a barriga de baguete, queijo e vinho)

A Basilique é simplesmente a igreja mais rica em detalhes que eu já vi EM TODA A MINHA VIDA. Dentro dela existem 2 igrejas – uma em cima da outra. A de baixo é mais simples, vazia, tranquila, fala um pouquinho da “Nossa Senhora” de alguns países. É bem legal até pra quem não é ligado em religião.

foto9

foto10

Essas são fotos da parte de baixo, a igreja “básica”, creia. Agora a igreja de cima, MINHA FILHA, eu me pergunto diariamente quantos milhões de euros, anos e duendes investiram pra fazer uma coisa daquelas. Eu não consegui tirar fotos por que REINA O SILÊNCIO ABSOLUTO naquele lugar, eu tinha até vergonha de andar por que minha bota fazia ecoar um barulho terrível – acreditem. Todas as pessoas estavam em completo silêncio, e existiam 459 placas de proibido fotografar, então acho que as pessoas iam ficar apenas um pouco chateadas ao ouvirem meu cliques discretos da câmera – depois de me jogarem numa fogueira, óbvio.

foto12

Pra terminar deixo pra vocês uma foto de um dos meus lugares favoritos na face da terra: Jardin Des Curiosités (jardim dos curiosos). É um pico muito tranquilo, com a vista da cidade inteira, quase sempre vazio, pouco conhecido – é muito difícil encontrar por que não tem indicação nenhuma, acho que é por isso que leva esse nome. Ideal pra ler um livro, pensar na vida, fazer piquenique, etc…. Pois é, pela quantidade de vezes que falo de comida acredito que vocês já tenham sentido meu estilo de vida fat boy slim.

Então é isso gente linda e bela. Agora que já pus todo mundo a par dos meus primeiros dias em Lyon, pretendo ir falando com calma do processo de visto e de residência, transporte em Lyon, etc… Quem tiver dúvida manda um sinal de fumaça através dos comentários e vamo que vamo! Me desejem sorte, Luísa.

#Diário de Viagem: Amsterdam – Dia 7

ams

E voltaaaaamos com os Diários de Viagem! Rolaram alguns probleminhas com a edição dos últimos vídeos do #Partiu e dei uma pausa nas postagens pra ficar tudo sincronizadinho por aqui :D Hoje vou mostrar o que fizemos no nosso último dia em Amsterdam!

compras-em-amsterdam

A primeira parada do dia foi em um centrinho comercial. Fomos até lá de bondinho e descemos perto da rua Damrak. De lá andamos nas ruas paralelas e levei os meninos pra conhecer uma loja cheeeeeia de tranqueiras baratinhas e super legais, a Tiger! É uma loja de esquina de dois andares, fica na Rembrandtplein 2, no número 1017. Vale super a pena a visita :D

ben-jerrys

Rolou uma paradinha estratégica em uma loja de doces maaaaaravilhosa pra comprarmos sorvete Ben Jerry’s. Peguei uma casquinha de chocolate com pedaços de caramelo e devo dizer que cheguei próximo do nirvana ao tomar esse sorvete, hahahahaha! E esse meu cabelo giganteeeeesco gente?

musa-do-verao

Leona sensualizado com seu peitoral exposto, uma cigarrilha e um óculos de John Lennon. É muito lyndra mermo <3

lala

Aí que no meio do dia tivemos a brilhante ideia de fazer um tattoo da amizade! Demos uma volta pelas redondezas desse mesmo centrinho comercial até encontrarmos um estúdio legal e com preço bacana. Infelizmente não encontramos nenhum lugar baratinho e pagamos uma bica (70 euros cada) pra fazer mini tatuagens, mas valeu pela experiência! Hahahaha.

lua

Eu e Leona fizemos uma meia lua! Eu na nuca, ele no braço. Pegamos o desenho na internet no computador do estúdio mesmo, já que escolhemos uma tattoo bem simples.

tattoo

A moça que fez nossa tattoo era meio mal humorada e mal encarada, mas fez tudo direitinho, foi super cuidadosa e no final até conseguiu abrir um sorrisinho, hahahaha! Mas admito que no começo tava com medo dela tatuar um pênis na minha nuca ao invés da lua.

tattoo

Somos muito místicas <3 Achei muito engra que depois de 5 minutos que divulgamos essa foto, a Miley Cyrus postou no insta que tinha feito uma tattoo igualzinha :D Hahahaha.

predios

Depois da tattoo, tentamos ir para o museu do Van Gogh, mas quando chegamos já estava fechando. Breno ficou muito triste com a gente e por isso eu gostaria de deixar registrado aqui que assim que eu for descoberta herdeira de uma fortuna, vou levá-lo pra Amsterdam e mandar fechar o museu por um dia só pra ele visitar, HAHAHAHA.

partiu-amsterdam-4

Ali do ladinho do museu fica o sign de Amsterdam e é claro que as fia ficaram por lá durante 3 horas seguidas tirando fotos, né? Meu maior sonho é encontrar esse letreiro vazio e tirar uma foto sozinha lá, mas graças às excursões de japoneses acho que esse sonho nunca se tornará realidade.

mano-da-bike

bolha

Óbvio que não deixaríamos de andar de bike bolha no nosso último dia na cidade! É uma das coisas mais legais pra se fazer em Amsterdam, juro pra vocês :D É muito gostoso passear sentadinho sentindo o vento no seu rosto, com aquele ar maravilhoso e não poluído <3

vondelpark

parque

E pra fechar um dos melhores dias da viagem, fomos para o Vondelpark brincar de frisbee (que eu comprei na lojinha de tranqueiras, hahaha), comer hotdog e relaxar um pouquinho. Fica super pertinho do museu e do sign, então dá pra ir andando mesmo!

giva-no-parque

vondelpark

Leona comprou cadernos e tintas e fizemos uma obra de arte seeeeensacional! Quando ficarmos mundialmente famosos vou colocar pra vender no Ebay por milhões de dólares:

unnamed (2)

É claro que uma obra de arte não precisa ser explicada, mas talvez alguns não entendam nossa genialidade então vou contar sobre nossas inspirações: a direita do quadro retratamos a guerra entre republicanos e democratas, com uma divisão negra que representa o muro de Berlim. No centro temos uma cenoura que está tentando destruir o muro entre os partidos opostos, e a esquerda temos o pássaro espírito santo que vai ajudar nessa missão e se alimenta da cenoura da paz pra ficar mais forte. Eu sei, somos gênios.

waffle

red-velvet-

Antes de voltarmos para casa paramos pra comer um doce e tomar uma cervejinha! Comemos waffle e cupcakes red velvet em uma padaria maaaaaravilhosa que vende produtos especiais feitos de chocolate, tipo shampoo, sabonetes e outros cosméticos. Não lembro o nome da padoca, mas fica ali pelas redondezas do Red Light e é super fácil de identificar: tá sempre craudiada e tem uma vitrine de doces irresistíveis.

Depois sentamos em um restaurante português e experimentamos uma breja chamada Sagres, que tava mei quente, porém incrível – e a mocinha do restaurante falava português de Porrrrtugallll. Também visitamos algumas loxinhas de rua pra ver os produtos temáticos! Tem tudo que você pode imaginar feito com macondra: chocolates, pirulitos, bolinhos, bala, chá…

E esse foi nosso último dia nessa cidade dos sonhos! A próxima parada é Paris :D Pra quem quiser conferir os vlogs da viagem e os outros Diários, os links estarão aqui embaixo. Beijos e espero que estejam gostando de acompanhar o que fizemos na nossa Eurotrip <3

Vlogs: Ep. 1 – Berlim Ep. 2 – Berlim Ep. 3 – Amsterdam Ep. 4 – Amsterdam 

Diários de Viagem: Diário de Viagem 1 Diário de Viagem – Balada Diário de Viagem 2 Diário de Viagem 3 Diário de Viagem 4 Diário de Viagem 5 Diário de Viagem 6

#Partiu – Amsterdam: Episódio 3

1episodio-3

Ueba! No terceiro episódio do #Partiu! – nosso mini-reality gravado durante uma viagem essssspetacular pela Europa – vocês vão poder conferir o que aconteceu nos dois primeiros dias que passamos em Amsterdam, uma das cidades mais sensacionais que já tive a oportunidade de conhecer! *_* No primeiro dia fomos em um festival de música eletrônica genial (fiz um post completão sobre esse dia aqui) e no dia seguinte passeamos pela cidade, curtimos a Parada Gay e visitamos a Heineken Experience.

Confiram, mostrem prozamigos, compartilhem nas redes sociais e não se esqueçam de dar um like lá no Youtube! Espero que curtam e não deixem de assistir aos primeiros episódios dessa ~tempowrada~, clicando aqui e aqui. Beijos de luz <3