Tag

blog de moda

Playlist da Semana

Faz tempo que não faço uma playlist aqui no blog, né? Minhas músicas favoritas sempre mudam de acordo com o tempo: conheço bandas novas, me apaixono, desapaixono, volto a ouvir minhas músicas antigas, enfim… minha playlist sempre muda muito! E agora vou mostrar pra vocês quais são as músicas que eu ando ouvindo sem parar. Bora ver?

Totally Enormous Extinct Dinosaurs – You Need Me On My Own: Conheci essa música há dois dias atrás e tô completamente viciada! O pessoal de casa já tá querendo me matar de tanto que eu escuto, hahaha. É que, apesar de ter um gosto bastante aberto, eu sou extremamente chata pra gostar de música, então quando eu gosto, eu gosto MESMO.

Tony Benett e Lady Gaga – The Lady Is a Tramp: Podem me tacar pedras e me chamar de desatualizada, porque eu descobri esse dueto entre Tony Bennet e Gaga só ontem a noite, assistindo Boomerang! hahaha. É que de uns tempos pra cá eu venho achando a Lady Gaga um pouco repetitiva, por isso peguei uma certa preguicinha e não procurei saber mais nada sobre ela. Mas depois que assisti ao vídeo, retirei todos esse comentários anteriores. Uau! Lady Gaga canta jazz que nem uma diva dos anos 40! Uma diva bem psicodélica, by the way. Achei incrível, e Gaga com certeza reconquistou o meu amor.

The Shoes – Time to Dance: Jake Gyllenhaal costuma aparecer nos filmes de Hollywood interpretando o galã ou mocinho da história, mas no clipe do The Shoes, ele se torna um serial killer macabro que mata hipsters usando roupa de esgrima. Uma loucuran! Pode soar brega, mas a música é do tipo que não deixa você ficar parado. O clipe é pesado, mas é sensacional. Vale a pena assistir!

Crystal Castles – Celestica: Nunca fui lá muito fã de Crystal Castles, mas ultimamente tenho curtido bastante o som do duo canadense. Celestica é com certeza a minha favorita deles! Música pra quem é moderninho, hahaha

Clarice Falcão – Uma Canção Sobre o Amor: Ai gentchy, que menina fofa! É tão difícil artistas brasileiros me chamarem a atenção, mas achei a Clarice incrível. Musiquinha gostosa, letras criativas… sem contar que ela é linda, né?

Sigur Rós – Gobbledigook: Desde que eu vi Pocahontas pela primeira vez criou-se um conflito interno aqui dentro de mim. Fico em dúvida se meu sonho era ter nascido numa tribo de índios americanos em 1600 e ser toda conectada com a natureza, ou se eu queria ter um apartamento luxuoso em Nova York e viver que nem a Blair de Gossip Girl, HAHAHA. Como eu nasci na era digital e vivo a internet 24 horas por dia, tento agradar esse lado natureba do meu cérebro com músicas que me trazem essa memória indígena. E eu contei tudo isso só pra dizer que essa é uma das músicas que causam esse efeito em mim! Hahahaha.

Marina and The Diamonds – Radioactive: Acho esse nome lindo, Marina and The Diamonds. Vocês sabiam que o Diamonds veio do próprio sobrenome dela, que é Diamandis (diamante em grego)? Muito phyna! Adoro a Marina porque ela é completamente louca e até criou um alter-ego, a Electra Heart, que é mais maluca ainda! Hahaha.

Copacabana Club – Backyard: Atoooron Copabana Club! Além das músicas serem muito boas, os clipes produzidos pelos meninos do Banzai Studio são sempre sensacionais!

Toro y Moi – Imprint After: Muita gente não faz nem idéia de quem é, mas o Toro y Moi já veio até fazer um show aqui no Brasil, no festival Planeta Terra do ano passado. O cara por trás do nome meio espanhol e meio francês é Chazwick Bundick, que faz um sonzinho eletrônico lento e relaxante (por mais que essa combinação de palavras possa parecer impossível!)

Foster The People – I Would Do Anything For You: Uma das minhas bandas favoritas! O Foster The People vêm agora em abril para o Brasil tocar no Lollapalooza (no mesmo horário que Skrillex, maldição!) e eu não vejo a hora de gritar, cantar e enloquecer lá no festival. Tenho um apego especial por essa música porque ela me lembra uma época gostosa da vida, onde eu achava que tava ficando apaixonada e tudo o mais. Depois vêm as decepções amorosas e a gente cai na real, né? HAHAHA. Mas o importante é que a música continua sendo linda!

Summer Camp – Jake Ryan: Me sinto uma verdadeira hippie americana dos anos 70 quando escuto Summer Camp. Essa música é super bonitinha e gostosa de ouvir, não sai mais do meu Ipobre!

Dog is Dead: Glockenspiel Song: Assisti há pouco tempo o último episódio da quinta temporada de Skins, e essa é a música que encerra a última cena. Talvez se eu tivesse descoberto essa música sem o contexto do Skins embutido eu não tivesse gostado tanto, mas acabei atribuindo um valor à mais pra ela por isso, e ando ouvindo pra caramba!

E é isso meu povo! Espero que tenham gostado das músicas e de seus respectivos clipes. Prometo que vou atualizar mais vocês, musicalmente falando. Beijinhos <3

Justin, be my Boyfriend

Desculpa se eu gosto do Justin Bieber, tá sociedade? Sempre achei ele uma fofura… mas agora eu tô achando ele uma delícia mesmo! (Como ele já tem 18 anos não me sinto mais tão mal por falar isso) HAHAHA. Justin finalmente deixou a franjinha de lado e subiu o topetão de garoto-lookbook pra lançar seu novo single, Boyfriend! E tá dando o que falar, heim?

Desde que a Selena Gomez chegou na vida do Sr. Bieber, as mudanças foram cada vez mais frequentes. Ele trocou as roupas esportivas no estilo “I wanna be Usher” para um visual mais estiluóso, com jaquetas de couro, calça skinny, e anda usando umas produções bem mais moderninhas. Graças à nossa senhora do styling ele largou o combo boné virado pra trás + franja encapa testa! Hahahaha.

E falando em repaginada no visual, vocês viram o ensaio que ele fez pra revista Complex? Todo trabalhado no sangue e machucados! Achei bem diferente do que ele costuma fazer. Justin realmente cresceu e virou mocinho! E eu tô apaixonada <3 hahahaha. Acho que as pessoas têm muito preconceito em relação à Justina… criou-se um estigma em torno dele e as pessoas não conseguem esquecer a imagem de quando ele tinha 15 anos de idade. Mas hellou, né? Todo mundo passa por transformações, cresce, olha pro passado e quer chorar de tanta tristeza! HAHAHA. Pra mim o Justin Bieber é muito esperto. As músicas podem não passar as mensagens mais incríveis do mundo, mas que ele tá milionário e namorando uma das meninas mais gatas de Hollywood, ah… isso ele tá!

Tutorial em Vídeo – Bump it da Brigitte Bardot

E muito bem meu povo! Depois que eu fiz o post falando sobre o cabelo da Brigitte Bardot e coloquei o tutorialzinho em fotos da blogueira ruivinha ensinando o step by step do penteado, muita gente ainda ficou em dúvida e veio me perguntar como dava um jeito nisso e porque aquilo não tava dando certo. E como eu sou muito legal, fiz um tutorial em vídeo pra não sobrarem dúvidas! O cabelo é extremamente fácil de fazer, e tudo que você precisa é de um pente fino, grampos grandes e se possível, um spray fixador. Dá pra usar em qualquer ocasião e se for mais trabalhadinho, rola até de fazer a vez do penteado de festa. E é isso aí! Assistam o vídeo em HD que fica um milhão de vezes melhor, deixem seus comentários e sugestões e prometo que o próximo vai ser de maquiagem, tá? Ah! E me desculpem pela performance com a música da Lara Fabian no final do vídeo, é que eu gravei isso depois e fiquei muito emocionada com a sincronia que rolou com a dublagem e precisava compartilhar com vocês, HAHAHAHAHA. Beijas e espero que gostem!