Existem dois tipos de pessoas no mundo: as que comem pra viver e as que vivem pra comer. Eu me enquadro no segundo grupo, então vira e mexe ganho alguns kgs indesejados pós finais de semana regados à cerveja, lasanha e bolo de chocolate. É difícil a vida quando a coisa que você mais gosta de fazer pra se divertir é comer. Tem gente que curte ser gorda e não se importa, come tudo que vê pela frente como se não houvesse o amanhã e é feliz assim. Eu curto ser magra ao mesmo tempo que curto MUITO comer, e isso é foda.

Levou um tempão pra eu encontrar um jeito de emagrecer sem ter vontade de me tacar pela janela. Não é nada milagroso – ainda sinto falta de comer potes de brigadeiro sem me preocupar em anotar as calorias no app do celular -, mas foi a melhor fórmula que encontrei até agora e estou me sentindo feliz.

Cês sabem: não sou nutricionista, nem blogueira fitness… apenas um ser humani que se encontrou em um estilo de vida e veio compartilhar com o mundo. Não significa que vai dar certo pra vocês, nem que o que eu tô fazendo é certinho, então não me responsabilizo pelos resultados. Se quer emagrecer bonitinho, tem que procurar médico mesmo e pedir orientação pra quem sabe dos paranauê. De qualquer maneira, vou contar o que rolou comigo pra ver se ajuda ou pelo menos incentiva vocês que também se sentem assim, hahaha. Vamos às dicas:

large (24)

1- Copinho Amigo: Às vezes a gente tá mais inchado que gordo de fato. Nesse caso, água é a melhor solução. Água é uma coisa maravilhosa que melhora todo o funcionamento do nosso corpo, elimina as toxinas, deixa a gente mais magro, com a pele boa, cabelo sedoso, melhora o humor, ajuda a tirar a preguiça do corpo (sabia que dá mais energia que café?) e melhora até o mau hálito. Sempre curti tomar água, mas descobri que se eu deixar um copo bonitinho (desses que tem canudinho e desenhos meigos) do lado da minha mesa de trabalho, bebo o dobro de água que tomaria espontaneamente. Tenha um copinho amigo você também! Hahahaha.

large (25)

2- Acadimia: Eu sei que é barra fazer exercício. Dá preguiça e ver séries é muito mais divertido. Mas se você não quiser ficar com artrite aos 30 anos, tem que começar. Tem que existir alguma coisa que você curta fazer: dançar, correr, pular corda, nadar, jogar futebol… Eu não tenho muitas habilidades pra esportes, então corro na esteira mesmo e pasmem: assisto séries no Netflix enquanto faço bicicleta. Quando acabam as séries, vejo os snaps dos meus amigos (antes fazia isso deitada no sofá de casa, olha que evolução!) e aproveito pra me distrair durante o exercício.

Uma coisa que percebi é que, pelo menos pra mim, vale mais a pena ir todo dia pra academia e correr um pouquinho (tipo 30 minutos) do que passar uma hora e meia 3 vezes por semana. Rendo bem mais e me sinto disposta o dia todo quando dou uma corridinha de manhã :D

large (28)

3- Besteiras: A melhor maneira de evitar comer besteira no dia a dia é não comprando besteiras. É bem difícil no começo, mas depois de um tempinho você já vai percebendo as mudanças internas e externas no teu corpo e a satisfação é tanta que tu começa a gostar demais da nova alimentação! Hoje em dia não curto mais tanto comer coisas muito doces, comida industrializada, lanchos com muito sódio, farinha branca e açúcar refinado. Tenho prazer em fazer meu almocinho e comer flango, batata doce, brócolis, grão de bico… Troquei o pão e arroz brancos pelas versões integrais, como menos quantidade de comida e mais vezes ao longo do dia, enfim… Minha alimentação durante a semana anda bem regradinha, mas não me privo de comer uma pizza se tenho vontade e de fim de semana vou pra balada e bebo catuaba sem culpa, hahaha. O lance é que quanto mais você come direitinho, menos você sente vontade de comer banha e fritura.

large (31)

4- Mude o Foco: As duas coisas que mais fodiam com as minhas dietas eram 1-ansiedade, 2-rolês em que o objetivo principal é comer. A ansiedade me faz ter vontade de comer o tempo todo, mesmo quando tô sem a mínima fome. Comecei a mudar o foco e, ao invés de comer, comecei a trabalhar quando a ansiedade batia forte. Se você tá ocupadão o dia todo, nem tem tempo pra ter ansiedade e muito menos pra pensar em comida. Você só quer cumprir com suas tarefas, o que é ótimo, já que você fica mais magro e produz mais, hahahaha. Encha sua agenda sempre, mesmo quando tu não tiver nada pra fazer.

Como disse ali no começo, comer é uma das minhas maiores diversões, então de fim de semana eu só queria sair pra almoçar/jantar – e geralmente coisas gordas. Continuo fazendo meus rolês de comida porque se não vou ser uma gótica infeliz, mas diminuí a frequência no Z Deli (sdds, melhor hamburguer) e comecei a procurar outros rolês pra fazer, tipo cinema/balada/teatro/exposições/afins.

large (27)

5- Quantidade e Qualidade: Nosso corpo precisa de uma quantidade determinada de gordura, carboidrato e proteína pra funcionar durante o dia. Se você consome mais do que precisa, isso fica acumulado no teu corpo. Existe um cálculo que você faz pra descobrir quantas calorias você precisa diariamente pra sobreviver (eu fiz a conta nesse site aqui). Pelo que eu pesquisei, se você quer emagrecer de forma saudável, tem que cortar de 200 a 400 calorias por dia da sua alimentação. Se você tirar muito mais que isso pode até emagrecer mais rápido, mas quando voltar a comer a quantidade normal de calorias vai engordar tudo de novo.

Pelo fato de comer só alimentos bons, mesmo cortando as calorias da minha dieta continuei comendo bastante durante o dia. Aí você começa a reparar que a qualidade do que você come é muito importante pra emagrecer e se sentir disposto. É importante pesquisar sobre tudo o que você come! Tem muita coisa que parece saudável e não é (tipo barrinha de cereal, peito de peru, aquele arroz com feijão que você come na padoca e foi preparado com 5kgs de óleo e caldo de carne cheio de sódio), então é legal ver com um nutri um cardápio maneiro, hehe.

E é isso pessu! Espero que as dicas ajudem vocês. Sigam a Pugliesi no Snapchat (o user dela é ga.pugliesi, e o meu é gi.ferrarezi pra quem quiser seguir!) que dá muita vontade de ser saudável, juro! Hahahaha. Eu era super preconceituosa com a galera fitness, mas depois que você começa a sentir os resultados, tudo muda. Você se sente mais ativo, a mente trabalha melhor, o corpo fica bonito, a confiança aumenta, a preguiça vai embora… é mara manas! Beixos <3