Moonrise Kingdom é o filme mais lindo do ano. Quando comecei a assistir já sabia que se tornaria um dos meus favoritos! A trama se passa na ilha de New Penzance, na Inglaterra, durante a metade da década de 60. Ele é um órfão que larga um grupo de escoteiros. Ela, filha mais velha de pais que não se entendem e não a entendem. Eles estão apaixonados, ambos têm 12 anos de idade. Os pequenos Sam e Suzy se conhecem após uma peça de teatro e passam a trocar cartas durante o ano que segue. Nessa troca de mensagens, eles decidem fugir juntos. E é aí que começa a busca dos pais de Suzy, o capitão da polícia e o escoteiro-chefe aos dois fugitivos.

Juro que eu nem preciso usar termos cinematográficos ou expressões bonitas pra descrever o quanto esse filme é foda. Porque por mais que eu confabule e tente transmitir a minha percepção em relação à obra, é só assistindo que dá pra entender o que eu tô querendo dizer. É um dos filmes mais fantásticos que já vi. É absurdamente engraçado, com uma dose de nonsense, fotografia impecável e a trilha sonora perfeita. Os atores que interpretam Sam e Suzy são dois mini adultos muito espertos e expressivos; eles fazem você comprar a história e acreditar que faz todo o sentido duas crianças de 12 anos fugirem juntas para o meio da floresta. É um filme de alto valor estético. Cada frame equivale a um “ca-ce-te, que coisa mais linda”.

Cada elemento que compõe cada quadro do filme deveria estar ali. O figurino, a ambientação e as locações são muito muito muito fantásticas. A cor do filme e o tratamento de imagem… é tudo maravilhoso. É infantil, inocente, mas ao mesmo tempo é muito adulto e sensual. Sem ser vulgar, é claro. O diretor Wes Anderson tem uma marca registrada muito forte de enquadramento e movimento de câmera que dão o clima perfeito pro filme. É tão cool que dói. As cenas são todas simétricas e centralizadas, e ele usa um estilo de movimento que chama “travelling perpendicular”. A câmera se movimenta na horizontal ou vertical com a ajuda de trilhos, à 90 graus das cenas retratadas, sempre perpendicular ao objeto filmado. Enfim… nada melhor que o trailer pra ilustrar tudo que disse até agora:

Como quero muito que vocês entendam minha emoção e felicidade depois de ter visto o filme, vou até passar o link pra vocês baixarem e assistirem. Por favor, não procurem formatos menores, esse tipo de filme tem que ser visto em HD, OBRIGATORIAMENTE FIOS! O link do torrent tá aqui. Eu baixo sempre com o UTorrent, e baixo a legenda só depois do filme, porque aí copio e colo o nome do arquivo no google e consigo achar a legenda compatível. Enfim, vocês sabem baixar filmes. Espero que assistam e venham contar pra mim o que acharam! Bisous pra vocês <3