Sejam bem-vindos à Beverly Hills! Lar da fama, dinheiro, luxo, mansões, gente phyna, ou seja, meu habitat natural, HAHAHA. Beverly Hills é tudo aquilo que a gente ouve falar: madames e seus cachorrinhos ridículos fazendo compras, porsches e ferraris estacionadas por todo o meio-fio, homens extremamente bem vestidos, lojas da chanel por toda parte, cafés cheios de gente que não tem o que fazer ou que cansaram de fazer compras, enfim… o paraíso pra quem tá cheio do ouro! Mas também tem muuuuuuita gente cafona. O que eu mais vi por lá foram tias que perderam a noção da vida e fizeram tanto botox que ficaram parecendo bonecas infláveis, hahaha. Ah, e o estilo loira oxigenada + casaco de pele + botas de salto agulha faz MUITO sucesso por lá.

Mas enfim, abri sem querer uma pasta no meu computador com fotos de Beverly Hills e me dei conta que não tinha feito um post sobre isso ainda! Então vou mostrar um pouquinho das ruas e das vitrines que vi por lá. Bora ver?

“Oi, quanto é que tá esse cupcake gigante da vitrine? Quero 3 por favor, pode mandar embrulhar.” Luis Vitão sempre arrasa na ambientação das vitrines né? Meu sonho ter um desses no meu quarto! Principalmente se vier com a bolsa junto <3

Eu não ligo muito pra carros, mas devo admitir que quando vi esse assim, tão incrível e tão vulnerável, quis colocar uma toca de ski na cabeça e APENAS anunciar um assalto, HAHAHA.

“Ai, gostei dessa mansão, vou comprar! Posso pagar com a minha bolsa? Ou você prefere o bolo de dinheiro que tá dentro dela?”.

Ai hellou, olha só que casal de japas mais pobre! Aposto que a jaqueta de couro que ele tá usando vale mais que a minha casa…

Eike miséria! Sou mais a Planet Girls heim? Hahaha. Posso querer todos os itens da vitrine da Versace? E todas essas peças pretas do Valentino que têm escrito na etiqueta “Só pra quem é magra, alta e rhyca” ? Ai hellou!

Minha mãe imitando as caveiras velhas ricas andando pela rua, HAHAHAHAHAHAHA. Foi mal mami, precisava mostrar isso pro mundo.

Olha só! Até que parece com São Paulo, né? Só que totalmente ao contrário. O chão da rua é tão limpo que acho que dá pra almoçar nele, e sem prato heim? HAHAHA.

Espero que vocês estejam tão deprimidos quanto eu por (ainda) não estar milionária passeando em um conversível e fazendo compras com meu cachorrinho ridículo! Mas eu sou brasileira e não desisto nunca. Eike Batista, seu lugar na lista da Forbes é MEU! Um beijo pra você que tá comendo miojo e assistindo a novela. <3